Crêem as Testemunhas de Jeová Que Só Elas Serão Salvas?

 

3

Abre-se alguma exceção para aqueles que não são associados à Torre de Vigia?

O que dizer da ideia de que “quem não pôde pertencer à organização por algum motivo, Jeová lerá seu coração e a julgará como merecedora ou não.”? Façamos uma comparação entre o par de publicações que segue:

1 - A Sentinela de 15 de fevereiro de 1982, págs. 18 a 20:

Mas, é correto que todos os outros façam sua dedicação e a simbolizem pelo batismo em água? Decididamente que sim, porque eles também precisam entrar numa relação correta com Deus, por intermédio do Pastor Excelente, Cristo Jesus, a fim de sobreviver à iminente “grande tribulação” e obter uma herança como parte da “nova terra” de Deus... Como durante o episódio do Mar Vermelho, a matança no Har-Magedon não incluirá ninguém do Israel espiritual, nem da “grande multidão” de “outras ovelhas” do Moisés Maior... Assim como a “vasta mistura de gente” sobreviveu atravessando o Mar Vermelho, assim os da “grande multidão” hodierna se encontrarão nas margens de salvação após a “guerra do grande dia de Deus, o Todo-poderoso”.

[Aqui são citados apenas trechos selecionados de parágrafos que se encontram nessas páginas. Mas a leitura do artigo completo, que abrange 21 parágrafos, deixa bem claro que é este mesmo o conceito exclusivista de salvação que se defende.]

2 - Livro Adore o Único Deus Verdadeiro (publicado em 2002), págs. 115, 116:

Esse “um só batismo” aplica-se a todos os que se tornam cristãos verdadeiros. No batismo, eles se tornam testemunhas cristãs de Jeová, ministros de Deus, ordenados. — Efésios 4:5; 2 Coríntios 6:3, 4.

Esse batismo tem grande valor de salvação aos olhos de Deus. Por exemplo, depois de mencionar a construção da arca, na qual Noé e sua família foram preservados no Dilúvio, o apóstolo Pedro escreveu: “O que corresponde a isso salva-vos também agora, a saber, o batismo, (não a eliminação da sujeira da carne, mas a solicitação de uma boa consciência, feita a Deus,) pela ressurreição de Jesus Cristo.” (1 Pedro 3:21) A arca era uma evidência tangível de que Noé executara fielmente a obra designada por Deus. Terminada a construção da arca, “o mundo daquele tempo sofreu destruição, ao ser inundado pela água”. (2 Pedro 3:6) Mas Noé e sua família, “oito almas, foram levadas a salvo através da água”. — 1 Pedro 3:20.

Atualmente, os que se dedicam a Jeová com fé no ressuscitado Cristo são batizados em símbolo dessa dedicação. Eles passam a fazer a vontade de Deus para os nossos dias e são salvos do atual mundo perverso. (Gálatas 1:3, 4) Não estão mais condenados à destruição, junto com este sistema iníquo. São salvos dessa condenação e Deus lhes concede uma boa consciência. [O itálico na expressão “salva-vos também agora” é deles.]

Note-se que a publicação de 2002 foi bem mais “incisiva” e específica do que a de 1982. Apresentou claramente, não só o batismo, e sim o batismo na organização das Testemunhas de Jeová como uma “evidência tangível”, no mesmo nível da construção da arca de Noé.

Comparemos agora o próximo par de publicações:

1 - A Sentinela de 1º de setembro de 1936, pág. 267 em inglês (trechos dos parágrafos 45 e 46):

As Escrituras sustentam fortemente a conclusão de que no Armagedom Jeová destruirá os povos da Terra e salvará apenas os que obedecem a Seus mandamentos de tomar posição ao lado de sua organização. No passado, muitos milhões de pessoas desceram à cova sem terem ouvido sobre Deus e Cristo, e esses, no devido tempo, precisam ser despertados da morte e receber conhecimento da verdade para poderem fazer uma escolha. A situação é diferente, porém, com respeito às pessoas hoje na Terra... Os da grande multidão precisam receber esta mensagem do evangelho antes do dia da batalha do grande dia do Deus Todo-Poderoso, que é o Armagedom. Se a grande multidão não receber agora a mensagem da verdade, será tarde demais quando começar a obra de matança.”

2 - Livro Revelação – Seu Grandioso Clímax Está Próximo! (publicado originalmente em 1988 e publicado novamente em 2006), págs. 128, 129:

“Em vista deste fato, os cristãos ungidos da classe de João empenham-se vigorosamente “para alcançar o alvo do prêmio da chamada para cima, da parte de Deus, por meio de Cristo Jesus”... Os da grande multidão também sabem que somente “quem tiver perseverado até o fim é o que será salvo”... Não há nenhuma evidência de que alguém à parte destes dois grupos ‘ficará de pé’ no dia do furor de Jeová. O que significa isso para os milhões de pessoas, todo ano, que mostram certo respeito pelo sacrifício de Jesus por assistir à Comemoração da morte dele, mas que ainda não exercem fé no sacrifício de Jesus a ponto de se tornarem servos dedicados e batizados de Jeová, ativos no serviço dele? Além disso, que dizer daqueles que antes eram ativos, mas que deixaram seu coração ‘ficar sobrecarregado com as ansiedades da vida’? Todos estes devem despertar, e manter-se acordados, a fim de serem “bem sucedidos em escapar de todas estas coisas que estão destinadas a ocorrer, e em ficar em pé diante do Filho do homem” — Jesus Cristo. O tempo é curto!”

Esta última publicação deixa claro que nem mesmo as pessoas que têm alguma associação com a organização das Testemunhas de Jeová, mas ainda não se batizaram como parte dela, serão salvas. O mesmo vale para aqueles que antes eram Testemunhas ativas, mas não são hoje em dia. Todos estes morrerão, se não ingressarem na organização ou se não voltarem a apoiá-la vigorosamente.

Um detalhe adicional é que esta ideia foi mantida inalterada na edição atualizada deste livro (publicada em 2006). Em outras palavras, a passagem de nada menos do que 70 anos, entre a declaração da Sentinela publicada em 1936 e a do livro Revelação, publicado em 2006 não fez a menor diferença. Existe ainda alguma base para insistir na alegação de que houve qualquer tipo de "mudança de tom" nas publicações da Torre de Vigia com relação a este assunto?

O fato simples é que, nem estes dois pares de publicações citadas, nem publicação alguma da Torre de Vigia dizem uma só palavra sobre Deus fazer uma eventual ‘leitura do coração’ de alguém que porventura ‘não conseguiu’ entrar na organização antes do início da “grande tribulação” e daí salvar esta pessoa. Nada disso. Todos devem se batizar antes da ‘destruição do sistema iníquo’, e como Testemunhas de Jeová, devem ingressar na organização delas,   apoiar contínua e vigorosamente esta organização e jamais podem deixá-la. Estes são os únicos atos que se apresentam como tendo “valor de salvação” aos olhos de Deus e, segundo as publicações deixam claro, quem não agir desta forma certamente será destruído. [1]



[1] O livro Adore o Único Deus Verdadeiro, acrescenta na pág. 124: “A Bíblia descreve os membros da grande multidão como marcados para a sobrevivência. (Ezequiel 9:4-6) “O sinal” é prova de que são dedicados a Jeová, batizados como discípulos de Jesus, e de que estão empenhados em cultivar a personalidade cristã.” [A organização entende que os únicos verdadeiros “discípulos de Jesus” hoje na terra são as Testemunhas de Jeová.]

IR PARA A PARTE 4