A Abrangência do Conceito de "Fé"

“Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.” – Hebreus 11:1,  Nova Versão Internacional

A Fé no Antigo Testamento

Emunah (pág. 530) - certeza, fidelidade (1 Sam. 26:23), mas, geralmente, a pessoa a quem se é "fiel" é o próprio Senhor [Iavé], 2 Cron. 19:9. O Senhor manifestou sua “fidelidade” ao seu povo, Deut. 32:4. Todas as obras dele revelam sua “fidelidade”, Sal. 33:4. Seus mandamentos são uma expressão de sua “fidelidade”, Sal. 119:86, aqueles que os buscam encontram-se na senda da “fidelidade”, Sal. 119:30. O Senhor procura por aqueles que buscam fazer Sua vontade de todo o coração. Seus caminhos são estabelecidos e Sua bênção recai sobre eles, Prov. 28:20.

As ações, Prov. 12:22, e as palavras, 12:17 do homem, devem refletir seu status favorecido com Deus. Assim como no relacionamento conjugal, a “fidelidade” não é opcional. Para que o relacionamento seja estabelecida, as duas partes estão sob a obrigação de responderem mutualmente em “fidelidade”, Jer. 5:1, Isa. 59:4, Jer. 7:28, 9:3. Oséias retrata o relacionamento de Deus com Israel como um casamento e declara a promessa de “fidelidade” de Deus a Israel (onde várias palavras hebraicas descrevem a fidelidade), Ose. 2:19, 20.

A Fé no Novo Testamento

Pistis (pág. 4102) – Primariamente, “firme persuasão”, uma convicção baseada em ouvir (semelhante a peitho, “persuadir”), é usada no NT sempre em referência à "fé em Deus ou Cristo, ou as coisas espirituais". A palavra é aplicada a:

– confiança, por ex., Rom. 3:25, 1 Coríntios. 2:5; 15:14,17; 2Co. 1:24, Gal 3:23.

– grau de confiança, por ex., Mat. 23:23; Ro. 3:3, Gal 5:22, Tit. 2:10, “fidelidade”.

– por metonímia, aquilo em que se acredita, o conteúdo da crença, a “fé”, Atos 6:7, 14:22; Gal. 1:23; 3:25; Gal. 6:10; Fil. 1:27, 1 Tes. 3:10; Jud. 1:3, 20.

– uma base para a “fé”, uma garantia, Atos 17:31.

– uma promessa de fidelidade, um compromisso de “fé”, 1Tim. 5:12.

Os principais elementos da “fé” em sua relação com o Deus invisível, distinta da “fé” no homem, estão especialmente englobados no uso desse substantivo e do verbo correspondente, pisteuo; sendo eles (1) uma firme convicção, que  produz um reconhecimento pleno da revelação ou da verdade de Deus, por ex., 2 Tes. 2:11,12; (2) uma entrega pessoal a Ele, João 1:12; (3) uma conduta inspirada por essa entrega, 2 Co. 5:7.

___________

 

Gordon Coulson. Extraído do Dicionário Conciso de Vine.