A Bíblia e a Imortalidade

NO PASSADO

1 Timóteo 6:14-16: "Recomendo-te que guardes o mandamento sem mácula, irrepreensível, até a aparição de nosso Senhor Jesus Cristo, a qual a seu tempo será realizada pelo bem-aventurado e único Soberano, Rei dos reis e Senhor dos senhores, o único que possui a imortalidade e habita em luz inacessível, a quem nenhum homem viu, nem pode ver. A ele, honra e poder eterno! Amém."  (Centro Bíblico Católico)

NO PRESENTE

2 Timóteo 1:8-10: "Não te envergonhes, portanto, do testemunho de nosso Senhor, nem do seu encarcerado, que sou eu; pelo contrário, participa comigo dos sofrimentos, a favor do evangelho, segundo o poder de Deus, que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos, e manifestada, agora, pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual não só destruiu a morte, como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho." (Almeida Revista e Atualizada)

NO FUTURO

1 Coríntios 15:51-54: "Eis que eu lhes digo um mistério: nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta. Pois a trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis e nós seremos transformados. Pois é necessário que aquilo que é corruptível se revista de incorruptibilidade, e aquilo que é mortal, se revista de imortalidade. Quando, porém, o que é corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal, de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: "A morte foi destruída pela vitória"." (Nova Versão Internacional)

CONCLUSÃO

Do ponto de vista bíblico, Deus é o único que sempre foi imortal. (1 João 1:2) No caso do homem, a imortalidade é uma concessão. Ela não é inerente, porque:

 

·       Só passou a ser uma realidade a partir da vinda e do ministério de Jesus Cristo (Mateus 19:29, Marcos 10:29, 30, João 4:14; 5:24; 6:27; 10:27, 28)

·     Depende de aceitarmos o evangelho dele. (Mateus 25:45, 46; João 3:14-16, 36; 6:40, 47-54; 12:23-26; 17:1-3; Atos 13:46-48; Romanos 2:6, 7; 5:21; 6:22, 23; 1 Timóteo 1:15, 16; Tito 1: 1, 2; 1 João 5: 11-13; Judas 20, 21)

·    Requer, necessariamente, uma transformação, quer a pessoa tenha passado pela experiência da morte física, quer não.