Pelo Vale Escuro

PELO VALE ESCURO

Hino: Othoniel de Campos Moura / Melodia: Mina Koch (1897)

(Coral Evangélico)

Pelo vale escuro seguirei Jesus,
mas por ti seguro, vendo a tua luz,
o meu passo incerto tu dirigirás,
Ao sentir-te perto, nunca perco a paz.

Os espinhos tantos que nos vem sangrar,
são remédios santos para nos curar.
Onde existe a graça do bondoso Deus,
tudo o que se passa nos conduz aos céus.

Não há dor que seja sem divino fim.
Faze, ó Deus, que a Igreja compreenda assim,
e, apesar das trevas, possa ver, Senhor,
que tu mesmo a levas com imenso amor.

Breve a noite desce, noite de Emaús,
e meu ser carece de te ver, Jesus;
companheiro, amigo, ao meu lado vem,
Fica, ó Deus, comigo, infinito bem.

 

IR PARA A LISTA DE MÚSICAS ou IR PARA A LISTA DE ARTIGOS