Quem São as "Outras Ovelhas" Mencionadas em João 10:16?


Um dos ensinos da liderança da Associação das Testemunhas de Jeová é que as "outras ovelhas" de João 10:16 simbolizam todos os cristãos que não têm esperança de vida celestial e sim de viverem para sempre em um paraíso terrestre. Este ensino pode ser encontrado em muitos livros e revistas da Associação Torre de Vigia.

Uma análise de alguns versículos relacionados ao assunto pode nos fornecer uma resposta simples e harmônica à pergunta acima. Segundo a Tradução do Novo Mundo, o texto diz na íntegra:

"E tenho outras ovelhas, que não são deste aprisco; a estas também tenho de trazer, (“reunir”, Biblia Sagrada - Edições Paulinas) e elas escutarão a minha voz e se tornarão um só rebanho, um só pastor."

Se Jesus usou aqui o termo "E tenho outras ovelhas que não são deste aprisco" fica evidente que este se tratava de um segundo aprisco  ou grupo de ovelhas. Então temos primeiro  de identificar quem fazia parte do primeiro aprisco ou grupo de ovelhas sobre o qual Jesus havia falado nos versículos anteriores, ao versículo 16. No livro de Mateus 10:5, 6, ao instruir seus discípulos a quem deveriam pregar, está escrito:

"A estes doze enviou Jesus, dando-lhes as seguintes ordens: ‘Não vos desvieis para a estrada das nações, e não entreis em cidade samaritana; mas, ide antes continuamente às ovelhas perdidas da casa de Israel’.

O contexto de João 10:16  nos mostra que Jesus  estava dialogando com membros da casa de Israel, ou seja, judeus circuncisos. Fica claro  que o primeiro aprisco se compunha, então, de todos os descendentes de Israel (ou judeus) que depositariam fé em Cristo Jesus. Este fato também pode ser confirmado em textos como Atos 13:45, 46, onde Paulo, ao responder a um grupo de judeus enciumados do ensino do Cristo, disse no início do versículo 46: "Era necessário que a palavra de Deus fosse falada primeiro a vós ..." [judeus].

Para entendermos quem são os membros do segundo grupo de ovelhas, a Bíblia nos leva a acontecimentos emocionantes, registrados no livro de Atos 11:18, onde se diz: "Pois Deus tem considerado também a pessoas das nações o arrependimento com a vida por objetivo"

Isso estava realmente ocorrendo, pois anteriormente o relato de Atos 10: 34, 35, 44-47 mostra-nos que Deus abrira as portas da sua misericórdia a todos os homens que quisessem fazer a Sua vontade e não mais só aos judeus, como até então acontecia. Isto também se harmoniza com Atos 13: 45, 46, onde, continuando o relato da conversa de Paulo com os judeus enciumados, o restante do versículo 46 diz : "... visto que a repelis e não vos julgais dignos da vida eterna eis que nos voltamos para as nações."

O trecho de Efésios 2:11-18 confirma esse entendimento. Dirigindo-se a pessoas de outras nações, Paulo disse:

"Portanto, persisti em lembrar-vos de que anteriormente éreis pessoas das nações quanto à carne; fostes chamados “incircuncisão” por aquilo que é chamado “circuncisão”, feita na carne, por mãos — que naquele tempo específico estáveis sem Cristo, apartados do estado de Israel e estranhos aos pactos da promessa, e não tínheis esperança e estáveis sem Deus no mundo. Mas agora, em união com Cristo Jesus, vós, os que outrora estáveis longe, chegastes a estar perto pelo sangue do Cristo. Pois ele é a nossa paz, aquele que das duas partes fez uma só e que destruiu o muro no meio, que os separava. Por meio de sua carne, ele aboliu a inimizade, a Lei de mandamentos, consistindo em decretos, para que dos dois povos, em união consigo mesmo, criasse um novo homem e fizesse paz; e para que reconciliasse plenamente ambos os povos com Deus, em um só corpo, por intermédio da estaca de tortura, porque ele matara a inimizade por meio de si mesmo. E ele veio e declarou as boas novas da paz a vós, os que estáveis longe, e paz aos [que estavam] perto, porque, por intermédio dele, nós, ambos os povos, temos a aproximação ao Pai, por um só espírito."

Assim, existe base para a conclusão de que a expressão "outras ovelhas" de João 10:16 se aplica a todas as pessoas das nações que aceitaram a Cristo como Salvador.  Com isso em mente podemos entender mais plenamente a conclusão do versículo 16:

"...a estas também tenho de trazer, e elas escutarão a minha voz e se tornarão um só rebanho, um só pastor".  

A união desses dois grupos no primeiro século da Era Cristã fica evidente em exortações como as feitas por Paulo:

"Há um só corpo e um só espírito, assim como também fostes chamados em uma só esperança a que fostes chamados; um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por intermédio de todos, e em todos." [judeus e gentios] – Efésios 4:4-6.

Não há nem judeu nem grego, não há nem escravo nem homem livre, não há nem macho nem fêmea; pois todos vós sois um só em união com Cristo Jesus.”  – Gálatas 3:28.