Uma Esperança Segura

Um leitor escreveu:

“Agora estou numa confusão tremenda. Quais “verdades” bíblicas são certas? Você espera a ressurreição?”

Agora começa o processo de separar o trigo do joio. E só se pode conseguir isso por meio da leitura das Escrituras por si mesmo, orar pelo Espírito Santo de Deus e usar um pouco de bom senso em todas as coisas. Quando se faz isso, a pessoa tem a sensação de estar lendo a Bíblia pela primeira vez. Ela vem a ter novas e estimulantes perspectivas de compreensão espiritual.

É verdade que existem doutrinas que carecem de firme base bíblica, não só no caso das Testemunhas de Jeová, como também em outras igrejas. Às vezes, é fácil perceber que algumas dessas doutrinas são parte de um corpo doutrinal específico, que diferencia uma denominação religiosa de outra. Meu conselho é que se alguém deixou as Testemunhas de Jeová por razões de consciência, não há necessidade de “correr” logo para outra igreja, sem primeiro analisar e refletir bem. Pois isso seria apenas trocar um sistema de crenças por outro. Só com o tempo e o estudo pessoal das Escrituras é que se adquire uma perspectiva mais ponderada e se pode muito bem tomar uma decisão consciente.

Porém, se existe um ensino delineado claramente nas Escrituras e no Cristianismo é o da ressurreição dos mortos. Não há necessidade de especularmos sobre detalhes de como vai ser isso, porque há questões nas quais o cristianismo simplesmente não entra no mérito. Porém, uma coisa é certa: cristianismo e ressurreição são conceitos inseparáveis​​. Sempre andaram de mãos dadas.

Se Jesus de Nazaré disse “quem crê em mim tem a vida eterna”, não é realmente necessário saber muitos detalhes. Só considerar a possibilidade de viver para sempre em paz e felicidade com seus entes queridos, satisfaz completamente os anseios de qualquer ser humano normal. Tudo o que Deus fizer, com certeza será bom, ainda que agora todos estejamos vendo como que “por meio dum espelho de metal”.

A ressurreição é um exemplo do importante papel da religião nos anelos humanos. Ela abre uma porta para a esperança mesmo quando a ciência e a filosofia permanecem sem respostas.

Esteban López